Paraíba, segunda-feira, 22 de dezembro de 2014 | Estamos com usuário(s) conectado(s) no momento !

Voltar Voçê está aqui:Capa Paraíba Polícia Homem é preso acusado de 36 homicídios em cidade da Paraíba

José Ildebrando Targino da Silva, 35 anos, conhecido como Bizoga, Mago ou Zé Pequeno, foi preso com arma e uma carteira de identidade falsa

Homem é preso acusado de 36 homicídios em cidade da Paraíba

Um homem acusado de 36 homicídios na cidade de Mari ( Zona da Mata paraibana) foi preso na noite deste domingo (23), quando retornava de uma excursão para uma das praias do Litoral Norte da Paraíba. José Ildebrando Targino da Silva, 35 anos, conhecido como Bizoga, Mago ou Zé Pequeno, foi preso com arma e uma carteira de identidade falsa.

De acordo com o delegado Reinaldo Nóbrega, há dois meses a Polícia Civil vinha investigando uma série de homicídios em Mari e, segundo o delegado, os crimes estavam relacionados ao tráfico de drogas. Dos 38 assassinatos ocorridos em Mari desde 2011, 36 são atribuídos a José Ildebrando.

“A gente começou a investigar os homicídios em Mari e descobrimos que todos os assassinatos estavam relacionados ao tráfico de drogas. Ontem, montamos uma força tarefa e conseguimos prender o acusado”, revelou o delegado.

Segundo Reinaldo Nóbrega, a PC recebeu a informação que José Ildebrando estava retornando da praia Baía da Traição (litoral norte do Estado) em um ônibus. Foi montada uma blitz na estrada que liga as cidades de Sapé e Mari e os policiais conseguiram prender o acusado.

“Durante abordagem ao acusado, José Ildebrando estava com um documento falso e um revólver calibre 38. Como a gente estava com uma foto do acusado, conseguimos identificá-lo e prendê-lo”, disse Nóbrega.

O policial informou que José Ildebrando liderava uma quadrilha de tráfico de drogas. Ele foi preso por força de um mandado de prisão acusado do esquartejamento de dois irmãos na cidade. José Ildebrando matava as pessoas que deviam ao tráfico de drogas ou os traficantes concorrentes que queriam tomar a zona do tráfico comandada por ele, comentou o delegado.

Seis policiais participaram da ação que foi executada com êxito, sem resistência do preso”.

Com o acusado, a polícia apreendeu ainda seis munições intactas, uma quantidade de maconha e documentos falsos.

Com o flagrante, além dos crimes de homicídio, José Ildebrando vai responder pelos crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma e munição e falsificação de documento. Após ser autuado, ele será conduzido a Penitenciária Regional de Sapé.

Fonte: Portal Correio

Leituras: 1727

Comentários



Deixe seu Comentário sobre essa notícia.

Usuário:






O portal de notícias Paraíba Agora não se responsabiliza pelas opiniões emitidas neste espaço pelos leitores e destacamos que os IPs de origem dos comentários ficam disponíveis para eventuais demandas jurídicas ou policiais.

Paraíba Agora - Mapa do Site

 

Publicidade